A Base Aérea do Recife tem novo comandante

 • 11 janeiro, 2012 • 

b-ronan-simone-drummond-denise-luiz-antonio-pinto-machado
Ronan e Simone Drummond com Denise e Luiz Antônio Pinto Machado (Fotos: Fernando Machado)

Aconteceu ontem, no final da tarde, a passagem de comando da Base Aérea do Recife, presidida pelo brigadeiro Gilberto Antônio Saboya Burnier, Comandante Geral de Operações Aéreas da Aeronáutica. A quem foram prestadas as honras militares. A cerimônia foi realizada na Alameda Santos Dumont, ou seja, o pátio que fica em frente ao comando da Base.

b-madalena-rodrigues-gilberto-antonio-saboya-burnier-paulo-vlademir-rodrigues
Brigadeiro Gilberto Saboya Burnier com o chefe do EM Paulo Vlademir Rodrigues e Madalena

Antes da solenidade deu uma chuvarada mas quando o suboficial Luiz Balbino, deu inicio ao evento o céu era de brigadeiro. O local é muito bonito e cercado por uma mata atlântica bem cuidada. Primeiro o comandante, o tenente coronel Luiz Marques de Lima, apresentou a tropa em forma, com cerca de 600 homens, ao brigadeiro Burnier.

b-zilda-renato-prata
O novo comandante da Base Renato Prata e Zilda

Na sequencia foram convidados o comandante substituído João Mauricio Marques Magalhães e o substituto Renato Queiroz Prata para ocuparem seus lugares no dispositivo, para a passagem do cargo de Comandante da Base Aérea do Recife. Luiz Balbino fez a leitura da Portaria de exoneração seguida das palavras de despedidas do comandante substituído.

b-gerlane-joao-mauricio-marques-magalhaes
O ex-comandante da Base e agora Adido Militar no Paraguai João Mauricio Marques Magalhães e Gerlane

Ao som do Tema da Vitória que nos remete ao Ayrton Senna, executada pela Banda Militar da Base Aérea, sob a regência do tenente Roberto Kurchchoff, o comandante substituído fez seu discurso. Por sinal muito bonito e recheado de respeito à Força Aérea Brasileira, aos superiores e subordinados. Não se esqueceu de agradecer a Deus e a família. Houve um momento que sua voz ficou embargada.

b-glaucia-nilson-ananias
Gláucia com o general Nilson Ananias

Outro momento pomposo foi quando o comandante do II Comar, brigadeiro Luiz Antonio Pinto Machado, foi convidado para ocupar seu lugar no dispositivo para presidir o ato solene. E em seguida o locutor faz a leitura da portaria de designação do coronel aviador Renato Queiroz Prata. Nesse momento um solitário pássaro sobrevoa o local num balé que somente um gênio da dança, como Nijinsky poderia executar.

b-isnard-penha-brasil-alejandro-hurtado
O embaixador Isnard Penha Brasil e o consul argentino Alejandro Hurtado

Depois da entrega do distintivo da Base Aérea pelo coronel Marques para o coronel Prata, o locutor leu o Curriculum Vitae do novo comandante, para em seguida ele e seu antessor passarem uma revista na tropa tendo como fundo musical o dobrado Barão do Rio Branco. Encerrada a cerimônia a tropa desfilou em continência ao novo comandante, ao som dos dobrados Coronel Marques e Asas de Prata.

b-zaqueu-nascimento-renato-prata-gesse-de-almeida
Zaqueu Nascimento da TAM, o comandante Ricardo Prata e Gessé de Almeida da Gol

E para concluir a passagem de comando todos seguiram para o Refeitório dos Oficiais onde o comandante substituído e o substituto receberam os cumprimentos. Depois aconteceu uma recepção com um cardápio dos mais elogiados. Além do coquetel volante foi servido um filé de dourado, um capelete de queijo, salada de folhas nobres com Kani Kama, além de um arroz à Mediterrané.

b-ceri
Brigadeiro Pinto Machado durante a passagem de comando diante da tropa

Comentários  | Enviar por e-mail  | Imprimir

Deixe um comentário

  1.  
  2.  
  3.  

Busca

Newsletter

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner


Categorias

Arquivo Mensal

Usuários

Visitantes on-line